poema 007

poema sem nome

Como é que se faz um amigo?
Eu nunca fiz um amigo.

Algumas pessoas chegaram
sem que eu soubesse de onde vinham
nem para onde iam. E quando me dei conta
lá estava outro amigo!

Como é que se perde um amigo?
Eu nunca perdi um amigo.

Algumas pessoas passaram
e, sem que eu me importasse para onde,
se foram. E não voltaram.
Não valiam a pena.

Os amigos estão perto mesmo quando ficam longe.
E quando ficam perto, não estiveram jamais em outro lugar.

Eu nunca faço, nunca perco um amigo.
Eu o encontro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: