poema 096

Procura-se um poema.
Visto pela última vez
em lugar nenhum.

Composto por versos,
uma pequena sombra
de ironia e uma estranha sensação
de alívio
para quem o escrevia.

Seria alegre ou talvez fosse triste.
Tenta ser simples, embora e
sobretudo abrace o nó
do dia a dia, dissolvendo
essa plúmbea densidade
no desenlaço de uma papilônia.

Era incompleto,
está torto
sendo mal acabado.
Mas refletirá Poesia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: