Archive for junho \11\UTC 2014

Poema 121

quarta-feira, junho 11, 2014

Ah, minha amada São Paulo!
Um beijo no cu da tua alma
imunda
capital do mundo futuro

Não existe horizonte que tua beleza não possa corromper

Santa messalina dos meus sonhos
virgem cafetina dos meus dias
abra bem tuas pernas para me estuprar

Você é podre, São Paulo!

E eu te amo

poema 120

terça-feira, junho 10, 2014

________oo
_______outro:
obscuroabismoíntimo
obscur abismo
________do
________eu