Archive for março \19\UTC 2015

poema 141

quinta-feira, março 19, 2015

o sermão da flor

belo
eloquente
despalavrado

poema 140

segunda-feira, março 16, 2015

Os discípulos da chuva não se esquecem

Pela janela do escritório,
aquário de gente engarrafada,
olho o oceano solto nas gotas da chuva.

A tarde líquida respinga na eternidade.
Dela emerge, atlaticamente, a ilha onde crianças
dançávamos cirandas no meio da rua.