Archive for agosto \24\UTC 2012

poema 065

sexta-feira, agosto 24, 2012

às vezes, você não faz nada
além de existir.

outras vezes, só
resistir.