Archive for março \02\UTC 2016

poema 152

quarta-feira, março 2, 2016

na noite dos teus olhos
eu ainda durmo
e sonho
com teu corpo desnudo
sobre o qual a via láctea cintila
por este escuro e vazio

universo